×

Conteúdo

Comunidades

Capela de São Francisco

Capela de São Francisco

Capela de São Francisco

Comunidade Caldas

 

Estamos no ano de 2006, e a mais ou menos 50 anos atrás, na propriedade de João R. Nogueira foi erguido um Cruzeiro no alto de uma serra por ele próprio. No qual era festejado todos os anos no dia 03 de maio, com a oração do terço, celebração da Santa Missa e levantamento da bandeira.


Após uns trinta anos surgiram seminaristas que veio fazer celebrações muito bonitas naquele lugar. Eu, Marieta Maria Moreira, depoente desta história, convidei um ministro da nossa família para celebrar, semanalmente, o culto para nós, mas isso não durou nem três semanas. Continuamos rezando o terço aos domingos, até com muita freqüência de pessoas. Um sobrinho do ministro dito acima, Francisco Barbosa, que trabalhava na Cerâmica Raquel em Pará de Minas ofereceu a nós um mil tijolos para inicar a construção da Capela. O irmão do Zezé do Chiquinho doou o terreno que está na divisa com o cruzeiro. Pe. Antônio Pontello pediu para organizar listas para pedir ajuda e desta forma, conseguirmos arrecadar um mil e poucos cruzeiros. As famílias unidas, a Prefeitura Municipal doou alguns sacos de cimento. Após a Igreja respaldada veio uma tempestade e derrubou parte das paredes. Voltamos a refazer a Igreja com parte do material que ainda podia ser aproveitado. O Sr. José Guimarães, conhecido como Dedé do arroz doou a madeira para o telhado da construção.

 

Começamos a ter a missa todos mês, e o salão tinha o nome de salão de  Santa Cruz, nele havia somente um crucifixo, só depois ganhamos algumas pequenas imagens, entre elas a de São Francisco, futuro padroeiro da Comunidade. Os jovens sentiram-se entusiasmados, fundaram um pequeno grupo, que depois acabou fracassando. Com a festa de Sant’na, padroeira da Paróquia, onde as imagens dos padroeiros se encontravam em procissão surgiu a necessidade de escolher o padroeiro da Comunidade.A pequena Imagem de São Francisco doada pelo Sr. Zé do Joaquim tornou-se a imagem do padroeiro. O nome de São Francisco foi uma homenagem prestada ao doador do terreno que tinha o pai, já falecido, como nome de Francisco.

Fotos

Notícias Relacionadas

20 mar 14
25 abr 13
21 ago 13
06 ago 13

Parceiros